Condecorados com honras e mérito! Guerrilheiros, corruptos condenados e citados em denúncias de corrupção lotam quadros e ordens de condecorados das Forças Armadas.

fevereiro 24 22:53 2015

Guerrilheiros, corruptos condenados e citados em denúncias de corrupção lotam quadros e ordens de condecorados das Forças Armadas.

Medalha do Pacificador e ordem do Mérito da Defesa são condecorações de altíssimo STATUS. Concedidas a personalidades que entrarão para a história como exemplo a ser seguido por todos os brasileiros. Os nomes permanecem registrados em almanaques cuidadosamente guad=rdados e atualizados.

A medalha do Pacificador foi cunhada pela Portaria nº 345, de 25 de agosto de 1953, como evocação às homenagens prestadas a Luiz Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, por ocasião do sesquicentenário de seu nascimento.Foi instituída pelo Decreto nº 39.745, de 17 de agosto de 1955.

O Duque de Caxias era conhecido como o Pacificador.  É uma condecoração criada para galardoar militares e civis, nacionais ou estrangeiros, que tenham prestado assinalados serviços ao Exército brasileiro, elevando o prestígio da Instituição ou desenvolvendo as relações de amizade entre o Exército Brasileiro e os de outras nações.

A Ordem do Mérito da DEFESA. Exige dos condecorados que tenham procedido de maneira relevante em operações de guerra, em questões de Defesa Nacional, na manutenção da ordem pública ou da disciplina militar, na integridade do pessoal ou do patrimônio das Forças Armadas, ou da Nação Brasileira sob ameaça de grave risco; ou ter prestado serviços relevantes às Forças Armadas como um todo ou a cada Força, de per si, com reflexos de benefícios às demais.

Vejam abaixo algumas personalidades ilustres que receberam essas condecorações e atualmente se destacam nos noticiários nacionais. Alguns dos citados receberam as duas condecorações, e dividem lugar na lista de honra com gente do quilate de Emilio Garrastazu Médici.

175px-José_Genoino-2Medalha do Pacificador

José Genoino Neto – Ex-Deputado e Condenado por crimes cometidos no esquema de corrupção conhecido como mensalão.

Jaques Wagner – Ex-Governador da Bahia.

Francisco de Assis de Moraes Souza – Conhecido como “Mão Santa”. Teve o mandato de governador cassado em 2001.

Ordem do Mérito da DEFESA.

Luiz Inácio Lula Da Silva – Ex – Presidente da República.

Fernando Affonso Collor De Mello – Ex – Presidente da República Mesmo após a renúncia foi condenado pelo Senado à perda do mandato.

JACQUES WAGNER – Atual Ministro da Defesa e ex-Ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, em 2005.

José Genoíno Neto – Ex-Deputado e Condenado por crimes cometidos no esquema de corrupção conhecido como mensalão.

José Dirceu De Oliveira E Silva – Ex-Ministro e Condenado por crimes cometidos no esquema de corrupção conhecido como mensalão.

Mário Sílvio Mendes Negromonte – Ministro de Dilma Roussef que pediu demissão após denuncias de envolvimento em caso de corrupção.

Franklin De Souza Martins – Ex-Ministro de estado.

Gleisi Helena Hoffmann – Recentemente citada como recebedora de R$ 1 milhão vindo do esquema Petrolão.

Alceni Angelo Guerra – Ex ministro e ex-prefeito, condenado por improbidade e obrigado pelo Supremo Tribunal Federal a devolver R$ 127.288,80 à prefeitura de Pato Branco (Veja aqui).

Observação importante. Art. 32. Serão excluídos dos Quadros da Ordem: I – por Decreto, mediante proposta do Conselho: a) os agraciados que forem condenados em QUALQUER FORO por crime de natureza comum; e b) os agraciados que cometerem faltas contrárias à dignidade e à honra militar, à moral da corporação ou da sociedade; e II – automaticamente: a) os agraciados que forem condenados por crime militar; e b) os agraciados que, nos termos da Constituição, perderem a nacionalidade adquirida, o posto ou a graduação.

De: Revista Pesadelo dos Políticos

Share Button
  Article "tagged" as:

Comentários no Facebook